12 de abr de 2014

Dá-me tua mão

Dá-me tua mão
e vem
que eu esperei a vida toda
para guiar-te pelo meu coração
rumo às maravilhas
dos meus infinitos
particulares.


Dá-me a tua mão
e sorria
que eu afago teus cabelos
que desfiam na face
em face da paixão
que me sustenta.

Dá-me a tua mão
e me olhe
bem dentro dos olhos
afagando o meu amor
tão nítido quanto
o brilho do teu olhar.

Dá-me a tua mão
e beije-me
esquecendo do mundo lá fora
que outrora foi ingrato
tão insensato que
lhe tirou o sono.

Dá-me tua mão
e fique
dentro do meu peito mesmo
sem ter jeito
ensina-me a te dar,
todo o amor que me tens.
Marcos Mochi
Abril/2014

7 comentários:

Sol disse...

Lindoo por demais meu amor!! ♥

SiL.. disse...

Muito lindo vc é muito especial um poeta com Amor em td que diz...vem da alma do coração. ..Parabéns. ..

SiL.. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
haidee disse...

voce e muito especial marcos bjss

marcia disse...

muito lindo
encanta a alma .....................

SiL.. disse...

SDS ��

SiL.. disse...

SDS 😍